terça-feira, 3 de junho de 2014

Devaneios





Tens nas mãos afagos de veludo
e um sorriso branco feito jasmim,
tens um não sei que de menino
e tanto amor no coração.
Teus olhos um lago manso
onde me banho com paixão,
onde penetro e descanso,
onde me afogo em tanta afeição.
Em teu corpo tantos caminhos
por onde ando e me perco...
Mas me aconchegas no teu abraço
e me seguras nos meus tropeços.
Tens no cérebro tanta loucura
por onde escapo de tantos laços
e fujo da saudade de nós dois.
 
Carmen Vervloet

Um comentário:

Denise Nascimento Moraes Monteiro disse...

Seus poemas são belíssimos, Carmen. Ao falar de amor, quanto romantismo. Um beijo,
Denise